domingo, 12 de junho de 2011

Bullying até no trabalho?


Tema atual devido ao assassinato de adolescentes em Realengo e exaustivamente abordado pela mídia, mas, exatamente, o que vem a ser Bullying? E mais, ele existe no mundo corporativo?

Bullying são atos (repetitivos) de violência psicológica ou física contra um indivíduo ou grupo ou até mesmo um departamento, mas, em geral, contra a minoria e que são incapazes de articular defesa.

No ambiente corporativo, as vitimas de bullying são geralmente pessoas que tem as mesmas características das que sofrem do mesmo problema na escola, ou seja, são pessoas mais retraídas, tímidas, com características físicas diferentes das demais, ou, que são invejadas pelos agressores por diversos motivos.

O bullying no trabalho muitas vezes está ligado ao mau uso do poder, em sua prática inclui-se comportamentos que amedrontam, denigrem, intimidam, ultrajam ou humilham o colaborador e normalmente isso é feito na frente de outras pessoas, o que agrava a exposição. A pessoa que é alvo sente-se impotente e com sua dignidade ferida diante dessa situação e esses atos podem partir tanto da chefia quanto dos colegas de trabalho.

Na realidade, seria interessante que as organizações pudessem oferecer aos colaboradores um melhor entrosamento e que os mesmos pudessem se conhecer melhor uma vez que, um bom entendimento só se dá por meio do real conhecimento entre as pessoas e quando estas entendem os pontos de vista uma das outras. O convívio é fundamental na vida de qualquer um, traz grande aprendizado e enriquece todo ser humano.

Exemplos de bullying: Pedir relatórios com prazos incabíveis; Difundir fofocas; Excluir pessoas do grupo; Criticar constantemente; Culpar determinada pessoa sem motivo; Xingamentos (incluindo palavras de baixo calão); Gritos; Piadas; Vigiar e controlar excessivamente; Tratar a pessoa de maneira diferente dos demais da equipe e etc.

Exemplos de conseqüências para os afetados pelo bullying: stress; baixa alto-estima; fobias; problemas para dormir; depressão; problemas alimentares e pode até mesmo levar ao suicídio.

Dicas

Aos colaboradores indicamos que mantenham a postura profissional e não percam o controle emocional, que encarem o problema reconhecendo que a questão não se trata dele em si ou do seu desempenho, mas sim, de uma tentativa de controle ou defesa e claro, de falta de empatia e sensibilidade de quem comete. Não se omita, nada será resolvido no silêncio, tente resolver através do diálogo, porém, se estiver sendo constrangido por várias pessoas tente solucionar conversando diretamente com seu líder mas, sempre evitando fofocas.

Aos empresários recomendamos que analisassem se um membro da organização estiver mais deslocado e procurem implantar um sistema de total desapoio a esse tipo de agressão, e mais, se constatarem algo resolvam de imediato. Faça do ambiente de trabalho um local agradável e que os colaboradores sintam-se valorizados e importantes, ou seja, permita que eles façam parte das decisões a serem tomadas. Além do mais: realize treinamentos e palestras sobre o tema; averigúe os conflitos e solucione sempre que possível.

E para aquelas organizações que valorizam apenas o lucro, vale mais uma dica: o cliente interno pode ser (se já não é) um grande cliente externo.

Por
Flavia Regina
Consultora em treinamento
Consultoria Innovare

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

OUTROS VÍDEOS SUGERIDOS PELA QUALITAS VITAE

Comemorando 35 anos de Globo Repórter, a maioria dos brasileiros escolheu como tema a reportagem: Saúde e Qualidade de Vida. Matéria sobre obesidade - Globo Repórter. Quanto mais equilibrada for a vida de um profissional, melhor será a sua performance profissional. Além disso, a sua identidade não estará baseada apenas em seu trabalho, mas também em outros aspectos vitais para a sua realização.

Dicas para reduzir calorias

Legumes e grelhados podem ser consumidos sem pão ou torradinhas. Escolha a massa com molho de tomate e uma proteína. No japonês, fique longe de opções fritas ou empanadas. Já na churrascaria, o ideal é começar pelas saladas.

Saiba quanto você precisa correr por semana para perder calorias.

A corrida é uma boa opção para quem quer emagrecer rápido. Um pessoa que pesa entre 60 e 70 quilos pode perder entre 500 e 600 calorias se correr durante uma hora. É importante passar por uma consulta médica antes do exercício.

Exercício em casa ou no parque aumenta tempo e qualidade de vida.

O exercício físico regular pode aumentar o tempo e a qualidade de vida de uma pessoa. O preparador físico José Rubens D'Elia mostra que é possível praticar exercícios em parques, na vizinhança ou em casa, com uma academia particular.

Médico dá mais algumas dicas saudáveis e baratas.

Dicas para levarmos uma vida mais saudável sem gastar muito para isso. Depois do programa, ele respondeu perguntas enviadas pela internet e deu outras sugestões.

Confira uma série de exercícios para melhorar o equilíbrio

O preparador físico José Rubens D'Elia mostra exercícios que podem ser feitos em casa e ajudam a melhorar o equilíbrio corporal.

Aprenda a comer bem e se manter saudável.

Um dos sinônimos de felicidade para todos é a saúde. Uma das formas de manter o metabolismo equilibrado e ainda garantir qualidade de vida é acertar na alimentação.

Dicas para melhorar a alimentação de crianças e adolescentes

As refeições devem ser adequadas às atividades ao longo do dia, evitando guloseimas e refrigerantes. A má alimentação pode causar cansaço, sonolência, apatia e irritação.

Pele deve receber cuidados especiais de acordo com a idade.

Na adolescência, o principal problema são as espinhas. Dos 20 aos 40 anos, a pele começa a perder a capacidade de regeneração e podem surgir manchas. Entre os 40 e os 60 anos, ocorre uma perda da elasticidade da pele e o contorno da face muda.

Transport é um dos aparelhos de maior sucesso nas academias.

Uma pessoa de aproximadamente 70 quilos pode queimar 300 calorias em 40 minutos em um ritmo mais leve. O exercício não provoca impacto nos joelhos.