segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Dores nas costas podem ser sinal de outras doenças

Cerca de 80% das pessoas sofrem com o problema, que não deve ser negligenciado

Quem pensa que é normal sentir dor nas costas está enganado. Apesar do incômodo afetar cerca de 80% das pessoas pelo menos uma vez na vida, o sintoma pode sinalizar problemas como estresse, postura inadequada e até contaminações por vírus, como o da varicela.

Segundo o fisioterapeuta Bruno Andrade Costa, problemas de postura são os principais causadores do transtorno, mas ansiedade em excesso também pode desencadear o problema.

“O hábito postural inadequado associado à falta de atividade física prejudica a coluna. Estresse físico e emocional, envelhecimento e crescimento acelerado também podem provocar dores”, aponta o especialista.

Arte: O Dia

Formas erradas de andar e de se sentar levam também a desvios de postura, como a escoliose. Além de dores nas costas, estes desvios normalmente geram reflexos em outras partes do corpo.

“Ao tentar fazer um movimento normal, a pessoa com escoliose acaba sobrecarregando outras partes do corpo, como os joelhos”, explica o fisioterapeuta.

Dependendo da região, as dores podem ser indicativos de outros problemas, como crises renais, pedras na vesícula e hérnias de disco. Até o coração corre riscos.

“Dores musculares são localizadas na parte baixa das costas. Se ela estiver mais acima e acompanhada de outros sintomas, como formigamento e dormência, podem indicar problemas no coração, por exemplo”, afirmou.

Atenção para os horários

De acordo com o fisioterapeuta Bruno Andrade Costa, também é preciso estar atento aos horários em que a dor aparece para relatar ao médico. Dores acentuadas no fim do dia, por exemplo, podem ser indicativos de hérnia de disco.

Para aliviar as dores, o ideal é praticar exercícios físicos com acompanhamento de especialistas. Segundo Andrade, escolher a atividade errada pode não resolver o problema e, sim, piorá-lo. Isso tornará a dor ainda mais intensa.

Fonte: http://odia.terra.com.br/portal




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

OUTROS VÍDEOS SUGERIDOS PELA QUALITAS VITAE

Comemorando 35 anos de Globo Repórter, a maioria dos brasileiros escolheu como tema a reportagem: Saúde e Qualidade de Vida. Matéria sobre obesidade - Globo Repórter. Quanto mais equilibrada for a vida de um profissional, melhor será a sua performance profissional. Além disso, a sua identidade não estará baseada apenas em seu trabalho, mas também em outros aspectos vitais para a sua realização.

Dicas para reduzir calorias

Legumes e grelhados podem ser consumidos sem pão ou torradinhas. Escolha a massa com molho de tomate e uma proteína. No japonês, fique longe de opções fritas ou empanadas. Já na churrascaria, o ideal é começar pelas saladas.

Saiba quanto você precisa correr por semana para perder calorias.

A corrida é uma boa opção para quem quer emagrecer rápido. Um pessoa que pesa entre 60 e 70 quilos pode perder entre 500 e 600 calorias se correr durante uma hora. É importante passar por uma consulta médica antes do exercício.

Exercício em casa ou no parque aumenta tempo e qualidade de vida.

O exercício físico regular pode aumentar o tempo e a qualidade de vida de uma pessoa. O preparador físico José Rubens D'Elia mostra que é possível praticar exercícios em parques, na vizinhança ou em casa, com uma academia particular.

Médico dá mais algumas dicas saudáveis e baratas.

Dicas para levarmos uma vida mais saudável sem gastar muito para isso. Depois do programa, ele respondeu perguntas enviadas pela internet e deu outras sugestões.

Confira uma série de exercícios para melhorar o equilíbrio

O preparador físico José Rubens D'Elia mostra exercícios que podem ser feitos em casa e ajudam a melhorar o equilíbrio corporal.

Aprenda a comer bem e se manter saudável.

Um dos sinônimos de felicidade para todos é a saúde. Uma das formas de manter o metabolismo equilibrado e ainda garantir qualidade de vida é acertar na alimentação.

Dicas para melhorar a alimentação de crianças e adolescentes

As refeições devem ser adequadas às atividades ao longo do dia, evitando guloseimas e refrigerantes. A má alimentação pode causar cansaço, sonolência, apatia e irritação.

Pele deve receber cuidados especiais de acordo com a idade.

Na adolescência, o principal problema são as espinhas. Dos 20 aos 40 anos, a pele começa a perder a capacidade de regeneração e podem surgir manchas. Entre os 40 e os 60 anos, ocorre uma perda da elasticidade da pele e o contorno da face muda.

Transport é um dos aparelhos de maior sucesso nas academias.

Uma pessoa de aproximadamente 70 quilos pode queimar 300 calorias em 40 minutos em um ritmo mais leve. O exercício não provoca impacto nos joelhos.