quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Carboidratos: evitá-los ou não?

Eles não são mais considerados os vilões da dieta. Basta aprender a escolher o tipo certo.


Você acredita que os carboidratos sejam os vilões da sua dieta? Por muito tempo considerados como tais, esse tipo de alimento é uma importante parte das refeições diárias, que não pode ser excluído da sua alimentação. No entanto, existem diferentes carboidratos. Você sabe identificá-los?

De acordo com a nutricionista Clara Bortolan, a resposta é curta. “Existem os carboidratos simples e os complexos”. Segundo ela, os carboidratos são a fonte indispensável que garante a energia do dia a dia, principalmente para o cérebro. “Um adulto deve basear cerca de 45 a 65% de sua dieta nesse tipo de alimento”, diz ela.

Conforme ela explica, comer carboidratos não faz engordar. “O que engorda é comer o tipo errado de carboidratos”. Para ter essa fonte de alimentos em suas refeições, o ideal, segundo ela, é investir nos carboidratos complexos, como os grãos integrais e legumes. “Eles contêm cadeias longas de açúcar, que levam mais tempo para serem digeridas”.

Clara afirma que essa é a característica que faz com que este tipo de alimento seja melhor para saúde. “Os carboidratos fornecem energia aos poucos, pois possuem moléculas que se quebram lentamente e que oferecem um suprimento constante de açúcar na corrente sanguínea”, afirma a nutricionista.

Já os carboidratos simples, conforme diz a nutricionista, são aqueles que devem ser evitados. “Eles são formados por moléculas que se quebram facilmente e enviam açúcar para a corrente sanguínea rápido”, afirma. “Açúcar branco e alimentos que levam farinha de trigo são exemplos de carboidratos simples”. A especialista explica ainda que, quando o nos alimentamos muito com esses carboidratos, o corpo não consegue convertê-los em energia e se transforma em gordura. “Fora a parte estética, existem riscos de hipoglicemia, diabetes e resistência à insulina”.

Porém, nem todos os carboidratos simples são "maus" carboidratos ruins. Alguns, apesar de conter açúcares, como as frutas, são carboidratos nutritivos. “Elas fornecem enzimas, vitaminas, minerais e fibras. Produtos lácteos também oferecem importantes nutrientes, como proteínas, vitaminas e gorduras”, diz Clara.
Custom Editora
Especial para o Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

OUTROS VÍDEOS SUGERIDOS PELA QUALITAS VITAE

Comemorando 35 anos de Globo Repórter, a maioria dos brasileiros escolheu como tema a reportagem: Saúde e Qualidade de Vida. Matéria sobre obesidade - Globo Repórter. Quanto mais equilibrada for a vida de um profissional, melhor será a sua performance profissional. Além disso, a sua identidade não estará baseada apenas em seu trabalho, mas também em outros aspectos vitais para a sua realização.

Dicas para reduzir calorias

Legumes e grelhados podem ser consumidos sem pão ou torradinhas. Escolha a massa com molho de tomate e uma proteína. No japonês, fique longe de opções fritas ou empanadas. Já na churrascaria, o ideal é começar pelas saladas.

Saiba quanto você precisa correr por semana para perder calorias.

A corrida é uma boa opção para quem quer emagrecer rápido. Um pessoa que pesa entre 60 e 70 quilos pode perder entre 500 e 600 calorias se correr durante uma hora. É importante passar por uma consulta médica antes do exercício.

Exercício em casa ou no parque aumenta tempo e qualidade de vida.

O exercício físico regular pode aumentar o tempo e a qualidade de vida de uma pessoa. O preparador físico José Rubens D'Elia mostra que é possível praticar exercícios em parques, na vizinhança ou em casa, com uma academia particular.

Médico dá mais algumas dicas saudáveis e baratas.

Dicas para levarmos uma vida mais saudável sem gastar muito para isso. Depois do programa, ele respondeu perguntas enviadas pela internet e deu outras sugestões.

Confira uma série de exercícios para melhorar o equilíbrio

O preparador físico José Rubens D'Elia mostra exercícios que podem ser feitos em casa e ajudam a melhorar o equilíbrio corporal.

Aprenda a comer bem e se manter saudável.

Um dos sinônimos de felicidade para todos é a saúde. Uma das formas de manter o metabolismo equilibrado e ainda garantir qualidade de vida é acertar na alimentação.

Dicas para melhorar a alimentação de crianças e adolescentes

As refeições devem ser adequadas às atividades ao longo do dia, evitando guloseimas e refrigerantes. A má alimentação pode causar cansaço, sonolência, apatia e irritação.

Pele deve receber cuidados especiais de acordo com a idade.

Na adolescência, o principal problema são as espinhas. Dos 20 aos 40 anos, a pele começa a perder a capacidade de regeneração e podem surgir manchas. Entre os 40 e os 60 anos, ocorre uma perda da elasticidade da pele e o contorno da face muda.

Transport é um dos aparelhos de maior sucesso nas academias.

Uma pessoa de aproximadamente 70 quilos pode queimar 300 calorias em 40 minutos em um ritmo mais leve. O exercício não provoca impacto nos joelhos.