quinta-feira, 29 de março de 2012

Saiba mais sobre a Ginástica Laboral


Segundo a Associação Na­cional de Serviços e Recre­ação para Empregados dos Estados Unidos (NESRA), a Ginástica Laboral é a prática voluntária de atividades físi­cas realizadas pelos trabalha­dores coletivamente dentro do próprio local de trabalho durante sua jornada diária que, por meio de exercícios específicos, tem como meta prevenir e/ou amenizar as doenças decorrentes da ati­vidade que desempenham. A Ginástica Laboral analisa a importância da reeducação postural, alívio do estresse e método de Ginástica Laboral no local de trabalho com a fi­nalidade de valorizar a práti­ca das atividades físicas como instrumento de promoção de saúde e prevenção de le­sões como LER (lesões por esforço repetitivo) e DORT (distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho). A técnica procura compensar as estruturas do corpo mais utilizadas durante o traba­lho e ativar as que não são requeridas, relaxando-as e tonificando-as.

Histórico

A primeira noticia que se encontra sobre o assunto é uma pequena brochura edita­da na Polônia em 1925, onde foi chamada também de gi­nástica da pausa. Era destina­da a operários e, alguns anos depois, surgiu na Holanda e Rússia. No inicio dos anos 60, surgiu na Bulgária, Alemanha e Suécia e no Japão ocorreu a consolidação e a obrigato­riedade da Ginástica Laboral Compensatória (GLC).

No Brasil, o esforço pionei­ro residiu numa proposta de exercícios baseados em aná­lises biomecânicas. Essa pro­posta foi estabelecida pela Escola de Educação de FEE­VALE, no ano de 1973, quan­do se elaborou o projeto de educação física compensató­ria e recreação.

Tipos de Ginástica Laboral

Segundo Marquesini (2002), há três tipos de ginástica la­boral:

- PREPARATÓRIA. Ginástica com duração geralmente de 5 a 10 minutos realizada antes do início da jornada de traba­lho. Tem como objetivo prin­cipal preparar o funcionário para sua tarefa, aquecendo os grupos musculares que irão ser solicitados nas suas ta­refas e despertando-os para que se sintam mais dispostos ao iniciar o trabalho;

- COMPENSATÓRIA. Gi­nástica com duração geral­mente de 10 minutos, rea­lizada durante a jornada de trabalho, interrompendo a monotonia operacional e aproveitando pausas para executar exercícios especí­ficos de compensação aos esforços repetitivos e às pos­turas inadequadas solicitadas nos postos operacionais;

- RELAXAMENTO. Ginásti­ca com duração geralmente de 10 minutos, baseada em exercícios de alongamento realizados após o expedien­te, com o objetivo de oxige­nar as estruturas musculares envolvidas na tarefa diária, evitando o acúmulo de ácido láctico e prevenindo as possí­veis instalações de lesões.

Este programa é executado por profissionais de educa­ção física que vão às empre­sas diariamente aplicar as sé­ries de exercícios.

Objetivo

O objetivo da Ginástica Laboral é promover adap­tações fisiológicas, físicas e psíquicas, por meio de exercícios dirigidos que:

- Trabalham a reeducação postural;
- Aliviam o estresse;
- Diminuam o sedentarismo;
- Aumentam o ânimo para o trabalho;
- Promovam a saúde e uma maior consciência corporal;
- Aumentam a integração social;
- Melhoram o desempenho profissional;
- Diminuam as tensões acu­muladas no trabalho;
- Previnam lesões e doenças por traumas cumulativos, como a LER e os DORTs;
- Diminuam a fadiga visual, corporal e mental por meio das pausas para os exercí­cios.

Lesões

Dentre as lesões mais co­muns podemos citar:

- Na coluna cervical - sín­drome da tensão cervical e síndrome do desfiladeiro toráxico;
- No ombro - tenossinovi­te do bíceps e tendinite do músculo supra-espinhoso;
- No cúbito (cotovelo) - epicondilite;
- No punho - tenossinovi­te dos flexores do punho e dedos; tenossinovite dos extensores do carpo e de­dos; tendinite de Dequer­vain e síndrome do túnel do carpo;
- Na mão - fascite palmar e miosite dos lumbricais;
- Outros problemas na co­luna - hipercifose torácica, hiperlordose, escoliose, en­tre outros e encurtamento musculares.

A Ginástica Laboral traz grandes benefícios para as empresas, motivo pela qual essa atividade física é esti­mulada e implementada por diversas organizações. Os impactos negativos do tra­balho podem ocorrer em diversas esferas, tais como problemas físicos, psicológi­cos ou sociais.

Através da Lei do Despor­to nº 11.438, que depois foi atualizada pela Lei nº 11.472, o governo oferece incenti­vos fiscais para as empresas e pessoas físicas. Pessoas jurídicas podem reduzir até 1% do imposto de renda e pessoas físicas até 6%. Con­forme segue: “Art. 1o - A partir do ano-calendário de 2007 e até o ano-calendário de 2015, inclusive, poderão ser deduzidos do imposto de renda devido, apurado na Declaração de Ajuste Anual pelas pessoas físicas ou em cada período de apuração, trimestral ou anual, pela pes­soa jurídica tributada com base no lucro real os valo­res despendidos a título de patrocínio ou doação, no apoio direto a projetos des­portivos e para desportivos previamente aprovados pelo Ministério do Esporte”.

Essa é uma excelente ini­ciativa do governo que vem demonstrando grande inte­resse em incentivar a Res­ponsabilidade Social dentro das empresas. Quando as empresas investem na Qua­lidade de Vida de seus fun­cionários ela está investindo nos cidadãos brasileiros.

Estudos mostram que há relação entre a participação de empregados em progra­mas de atividades físicas na empresa e a redução de fal­tas ao trabalho, aumento de produtividade.

Na prática

Veja abaixo exemplos de como fazer exercícios de Ginástica Laboral com seu grupo no local de trabalho:

Fonte: Boletim Informativo nº 19/2012 da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes da Codevasf.

2 comentários:

  1. sou professora de GL e moro em Brasilia.. se tiver algum núcleo onde prestam serviço aqui e precisar de professor me contatem: patricia.rosa12@hotmail.com (no momento trabalho atendendo 2 empresas em Brasília)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Patrícia, a nossa Comissão (Qualitas Vitae) é composta por sete órgãos cujos links de acesso estão na página principal do Blog. Em alguns deles a GL já é realizada, em outros não. Vale pesquisar! Beijos, Graça Melo

    ResponderExcluir

Loading...

OUTROS VÍDEOS SUGERIDOS PELA QUALITAS VITAE

Comemorando 35 anos de Globo Repórter, a maioria dos brasileiros escolheu como tema a reportagem: Saúde e Qualidade de Vida. Matéria sobre obesidade - Globo Repórter. Quanto mais equilibrada for a vida de um profissional, melhor será a sua performance profissional. Além disso, a sua identidade não estará baseada apenas em seu trabalho, mas também em outros aspectos vitais para a sua realização.

Dicas para reduzir calorias

Legumes e grelhados podem ser consumidos sem pão ou torradinhas. Escolha a massa com molho de tomate e uma proteína. No japonês, fique longe de opções fritas ou empanadas. Já na churrascaria, o ideal é começar pelas saladas.

Saiba quanto você precisa correr por semana para perder calorias.

A corrida é uma boa opção para quem quer emagrecer rápido. Um pessoa que pesa entre 60 e 70 quilos pode perder entre 500 e 600 calorias se correr durante uma hora. É importante passar por uma consulta médica antes do exercício.

Exercício em casa ou no parque aumenta tempo e qualidade de vida.

O exercício físico regular pode aumentar o tempo e a qualidade de vida de uma pessoa. O preparador físico José Rubens D'Elia mostra que é possível praticar exercícios em parques, na vizinhança ou em casa, com uma academia particular.

Médico dá mais algumas dicas saudáveis e baratas.

Dicas para levarmos uma vida mais saudável sem gastar muito para isso. Depois do programa, ele respondeu perguntas enviadas pela internet e deu outras sugestões.

Confira uma série de exercícios para melhorar o equilíbrio

O preparador físico José Rubens D'Elia mostra exercícios que podem ser feitos em casa e ajudam a melhorar o equilíbrio corporal.

Aprenda a comer bem e se manter saudável.

Um dos sinônimos de felicidade para todos é a saúde. Uma das formas de manter o metabolismo equilibrado e ainda garantir qualidade de vida é acertar na alimentação.

Dicas para melhorar a alimentação de crianças e adolescentes

As refeições devem ser adequadas às atividades ao longo do dia, evitando guloseimas e refrigerantes. A má alimentação pode causar cansaço, sonolência, apatia e irritação.

Pele deve receber cuidados especiais de acordo com a idade.

Na adolescência, o principal problema são as espinhas. Dos 20 aos 40 anos, a pele começa a perder a capacidade de regeneração e podem surgir manchas. Entre os 40 e os 60 anos, ocorre uma perda da elasticidade da pele e o contorno da face muda.

Transport é um dos aparelhos de maior sucesso nas academias.

Uma pessoa de aproximadamente 70 quilos pode queimar 300 calorias em 40 minutos em um ritmo mais leve. O exercício não provoca impacto nos joelhos.