domingo, 1 de abril de 2012

Alimentação correta traz bom humor!


Quem procura qualidade de vida sabe que um dos segredos está na alimentação. O que comemos é a balança para a manutenção da saúde, disposição física, boa forma e até para equilibrar o humor.

Quando ficamos muito tempo sem comer, ocorre uma diminuição na liberação de serotonina, uma substância química responsável pela transmissão dos impulsos nervosos entre os neurônios. Essa diminuição causa aquele mau humor insuportável. Outro motivo que leva quem se alimenta mal a ficar mal humorado é a liberação de cortisol, hormônio diretamente relacionado com o humor. Além disso, a fome faz com que o corpo libere neurotransmissores e outras substâncias que, dependendo das situações e da quantidade liberada, também fazem com que o indivíduo fique bem ou mal humorado.

Algumas substâncias encontradas nos alimentos têm a capacidade de melhorar e até estimular o sistema nervoso. Carboidratos (preferência os complexos), por exemplo, que têm a capacidade de aumentar a produção de serotonina, susbtância responsável pela sensação de prazer e bem-estar. O chocolate (com moderação) provoca efeito semelhante, funcionando como um calmante em situações difíceis.

Já o chá preto, café, refrigerantes e guaraná em pó são contra-indicados, pois são produtos ricos em cafeína, o que faz a ansiedade aumentar.

Gorduras saturadas e álcool também devem ser consumidos em pequenas doses. Eles interferem na atividade neural, provocando fadiga e raciocínio lento.

Outro indicado como um dos maiores inimigos do bom humor é o açúcar refinado, pois ele causa um pico de glicemia, um pico de euforia que é temporário. Essa concentração de glicose e conseqüente energia e euforia cai logo, deixando uma sensação de mau humor e moleza. Por isso, fuja dos doces e do cafezinho com açúcar.

Alguns alimentos que ajudam a manter o bom humor

Alface: Ameniza a irritação; a lactucina e lactupicrina, encontradas principalmente nos talos das folhas, atuam como calmante.

Banana: Diminui a ansiedade; age como calmante garantindo um sono tranqüilo. É rica em carboidratos, potássio e magnésio e possui vitamina B6, que ajuda a dar “pique” no organismo.

Mel e carboidratos em geral: Melhoram a sensação de prazer e bem-estar. Estimulam a produção de serotonina, responsável pela sensação de bem-estar.

Espinafre e brócolis: Previnem a depressão. Contêm potássio e ácido fólico, importantes para o bom funcionamento das células e principalmente para o desenvolvimento fetal. Estabilizam a pressão e garantem o bom funcionamento do sistema nervoso devido ao magnésio, ao fosfato e às vitaminas A e C e ao Complexo B.

Peixes e frutos do mar: Diminuem o cansaço e a ansiedade, pois contêm zinco e selênio que agem no cérebro.

Jabuticaba: Rica em ferro, vitamina C, vitaminas do complexo B e carboidratos, a jabuticaba ajuda a combater a anemia, além de aumentar as defesas do organismo. Age como antidepressivo e reanima, pois fornece energia.

Laranja: Promove um melhor funcionamento do sistema nervoso. É um relaxante muscular e ajuda a combater o estresse e prevenir a fadiga. Tem substâncias hidratantes e é rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do Complexo B.

Ovos: Garantem o bom humor. São ricos em tiamina e niacina (vitaminas do complexo B), ácido fólico e acetilcolina. Sua falta leva à apatia, ansiedade e perda de memória.

Uvas: Melhoram o funcionamento do sistema nervoso. Atuam como antioxidantes e retardam o envelhecimento precoce. Possuem boas doses de vitaminas do complexo B, C, flavonóides e carboidratos.

Castanha-do-pará: Auxilia na diminuição do estresse melhorando a depressão. Rica em selênio, um agente antioxidante. Uma unidade ao dia já fornece a quantia diária de selênio (350 mg) recomendada.

Pimenta: Leva à sensação de euforia. Diminui o estresse, melhorando a depressão, e contém capsaicina (responsável pelo sabor ardido) que estimula as terminações nervosas da língua, aumentando a produção de endorfina. Para o humor, as melhores pedidas são a pimenta-de-cheiro, a vermelha, a malagueta e a comari.

Chocolate: Este é o que tem maior impacto sobre o humor. Possui açúcar, agindo como calmante no cérebro agitado. Contém tirosina, substância que estimula a produção de serotonina. Uma unidade de bombom é suficiente.
http://www.maisqualidadedevida.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

OUTROS VÍDEOS SUGERIDOS PELA QUALITAS VITAE

Comemorando 35 anos de Globo Repórter, a maioria dos brasileiros escolheu como tema a reportagem: Saúde e Qualidade de Vida. Matéria sobre obesidade - Globo Repórter. Quanto mais equilibrada for a vida de um profissional, melhor será a sua performance profissional. Além disso, a sua identidade não estará baseada apenas em seu trabalho, mas também em outros aspectos vitais para a sua realização.

Dicas para reduzir calorias

Legumes e grelhados podem ser consumidos sem pão ou torradinhas. Escolha a massa com molho de tomate e uma proteína. No japonês, fique longe de opções fritas ou empanadas. Já na churrascaria, o ideal é começar pelas saladas.

Saiba quanto você precisa correr por semana para perder calorias.

A corrida é uma boa opção para quem quer emagrecer rápido. Um pessoa que pesa entre 60 e 70 quilos pode perder entre 500 e 600 calorias se correr durante uma hora. É importante passar por uma consulta médica antes do exercício.

Exercício em casa ou no parque aumenta tempo e qualidade de vida.

O exercício físico regular pode aumentar o tempo e a qualidade de vida de uma pessoa. O preparador físico José Rubens D'Elia mostra que é possível praticar exercícios em parques, na vizinhança ou em casa, com uma academia particular.

Médico dá mais algumas dicas saudáveis e baratas.

Dicas para levarmos uma vida mais saudável sem gastar muito para isso. Depois do programa, ele respondeu perguntas enviadas pela internet e deu outras sugestões.

Confira uma série de exercícios para melhorar o equilíbrio

O preparador físico José Rubens D'Elia mostra exercícios que podem ser feitos em casa e ajudam a melhorar o equilíbrio corporal.

Aprenda a comer bem e se manter saudável.

Um dos sinônimos de felicidade para todos é a saúde. Uma das formas de manter o metabolismo equilibrado e ainda garantir qualidade de vida é acertar na alimentação.

Dicas para melhorar a alimentação de crianças e adolescentes

As refeições devem ser adequadas às atividades ao longo do dia, evitando guloseimas e refrigerantes. A má alimentação pode causar cansaço, sonolência, apatia e irritação.

Pele deve receber cuidados especiais de acordo com a idade.

Na adolescência, o principal problema são as espinhas. Dos 20 aos 40 anos, a pele começa a perder a capacidade de regeneração e podem surgir manchas. Entre os 40 e os 60 anos, ocorre uma perda da elasticidade da pele e o contorno da face muda.

Transport é um dos aparelhos de maior sucesso nas academias.

Uma pessoa de aproximadamente 70 quilos pode queimar 300 calorias em 40 minutos em um ritmo mais leve. O exercício não provoca impacto nos joelhos.